A vida é uma só, mas você pode ser muitas

“A vida é uma só, mas você pode ser muitas”.

Esta frase não é o lema de Muitas Marias por acaso.

Ao compartilharmos semanalmente textos sobre o cotidiano feminino que valorizem a dignidade das mulheres, nosso propósito é apresentar que nós mulheres podemos ter estilos de vida, sonhos, planos e projetos completamente fora do padrão de beleza, consumo e valores apregoados nas revistas femininas tradicionais e, sim, sem esses modelinhos que servem à indústria consumista, sermos muito felizes.

A origem da palavra dignidade vem do latim dignitas, que quer dizer merecimento, valor e nobreza. A dignidade tem relação com o respeito e a consciência do próprio valor.

Em Muitas Marias, somos muitas em busca da dignidade feminina. Jovens, maduras, solteiras, casadas, mães de família, madrastas, namoradas, gestoras, empreendedoras, trabalhadoras, donas de casa, desempregadas, universitárias, enfim… gente que todos os dias recebe alegrias e tristezas, encontra dores e realizações,  planeja sonhos que nem sempre se realizam, mulheres  que dormem e acordam em diferentes partes do Brasil e do mundo nos mais variados horários, com rotinas tranquilas ou enlouquecidas, de cara lavada ou montadas na maquiagem, despojadas, arrumadinhas, estilosas ou nem tanto.

Desde que o Muitas Marias se iniciou, lá em 2015, já publicamos 242 diferentes textos que tiveram 415.726 visualizações e receberam, só no site, 1614 comentários de 384.216 visitantes vindos não só do Brasil, mas também dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Alemanha, França, Espanha, Japão, Itália, Austrália, só para citar os dez primeiros países.

Em nosso cronograma inicial, Muitas Marias seria lançado em 8 de março de 2016, mas antecipamos em cinco meses o lançamento, tamanho desejo de dar luz às histórias nossas e, inicialmente de nossas amigas mais próximas, era tão latente.

Neste 8 de março de 2018, avalio que estamos no caminho certo.

É  preciso falar sobre o cotidiano feminino e dar voz à toda a pluralidade de realidades que as mulheres que buscam uma vida digna têm para contar.

Mas do que a gente falou  por aqui desde então? De tudo e mais um pouco, nas nossas nove editorias.

Mas só para vocês terem uma ideia do que as pessoas mais buscam ler por aqui, consigo citar quatro temas: maternidade, casamento, consumo, planos e sonhos. Os textos com maior alcance passeiam sobre estes assuntos, que povoam desde sempre o imaginário feminino e têm, nos veículos de comunicação tradicionais, encontrado sempre o mesmo discurso padronizado e rude, com “regras” que ferem a dignidade da pessoa humana, tais como:

Todas devem ter um filho biológico custe o que custar, (e não mais que um);

Casamento é bom se você buscar só a sua felicidade;

Você é o que você consome;

Faça planos inatingíveis, frustre-se, desconte isso consumindo mais e tentando ser como a capa da revista.

Em Muitas Marias, apresentamos possibilidades dignas de vida relacionadas a esses e outros temas, sem fantasiar, mas com base na experiência de homens e mulheres. Nesta semana em que todos vão celebrar mais um Dia Internacional da Mulher, te convido a ler (ou reler) alguns dos textos com maior alcance em nosso site e refletir sobre a sua vida de mulher, ou sobre a vida das mulheres ao seu redor.

Conte conosco nesta jornada de vida, sinta-se à vontade para enviar suas experiências. Particularmente sou muito feliz com esta construção  cotidiana de um repositório de experiências de gente que pensa a feminilidade à luz dos valores cristãos. A vida de cada uma de nós é uma só, mas cada vida pode inspirar demais a outros homens e mulheres. Isso nos move. Então, boa leitura dos nossos dez textos com maior alcance, além da página inicial do nosso site  e da página que apresenta a nossa proposta https://muitasmarias.com/about/

 

Clique nos links abaixo para ler (ou reler) os dez textos com maior alcance:

Três filhos? Tá bem na fita, hein?  –  de Ivna Sá

Não mude seu sobrenome após o casamento – de Mariella Oliveira-Costa – 

Jovens, não se casem – Ana Paula Werka Rossa 

Meus filhos, minhas regras? de Ivna Sá  

Sobre os pequenos luxos que nos escravizam de Mariella Oliveira-Costa   

Deus muda as circunstâncias de Cris Coutinho 

Ser mãe de menino  de Carlena Upiati Sousa Carneiro

Sobre mães e pássaros –   de Cristina Coutinho

Tributo a uma mãe – de Ivna Sá  

Quer parecer uma atração turística? Experimente sair de casa com os três filhos de Léo Prudente 

Inspire-se!

Muitas Marias apresenta artigos originais sobre o cotidiano feminino. Saiba como enviar seu texto clicando aqui ou escreva para  [email protected] . 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s