Pão de queijo mineiro…

…para cozinheiras de mãos  “quase vazias”

A gastronomia nunca esteve tão na moda, popularizada de várias formas, em cursos livres, faculdades, por meio de vários reality shows na Tv . Nas redes sociais, anônimos e famosos mostram seus dotes culinários e como conseguir surpreender com mais sabor e cor aos alimentos. E toda mulher é cozinheira de mão cheia, certo?

Errado.

Sou a típica mulher mineira, exceto neste quesito. Pinto, bordo ponto cruz, organizo a casa, lavo as vasilhas mas sempre passo longe do fogão. Não sei cozinhar, não gosto, não acho que é uma terapia, não tenho a menor paciência e nem vontade de aprender.

E sou muito feliz assim! Obrigada.De nada.

Minha mãe tentou me ensinar antes que eu saísse de casa, e deixava o arroz pronto antes dela sair para o trabalho, só pra eu jogar a segunda água (botar no fogo pra-cozido, com mais um copo de água). E eu fazia isso religiosamente as 10h45 porque as 11h ela chegava e tcharam, magicamente preparava a carne, as verduras e tudo estava pronto.
Na faculdade, santo RU (restaurante universitário), com precinho que cabia num magro bolso estudante . Eu morei com meninas que gostavam de cozinhar, picavam elegantemente os vegetais em cubos para uma salada. Que dia eu faria isso? Não tão cedo.
Na falta do RU, muito macarrão instantâneo (não repitam isso nunca, é muito sódio gente). Quando fui morar sozinha, nem fogão eu comprei, me bastava um microondas pra esquentar as lasanhas congeladas, pizzas congeladas, nhoque congelado.
E agora casada, tenho um marido que ama cozinha re me deixa numa zona de conforto da qual não pretendo sair tão cedo. Dizem que quando eu tiver filhos vou ter que cozinhar, mas isso eu vou pensar quando eu os tiver.
Eu nunca tive a menor vontade de cozinhar, graças a Deus . A não ser uma quitanda que eu adoro comer, e sei fazer : pão de queijo .

Sei a receita de família, com escaldo no óleo quente e tudo mais, sei também uma mais prática e com menos ingredientes mas há uma terceira receita aprendi recentemente com minha mãe o que eu chamo de pão de queijo mineiro para cozinheiras de mãos quase vazias. É muito muito fácil, leva só três ingredientes e fica pronto rapidinho, rendendo 20 lindos pães de queijo gostosos. Meu marido (que ama gastronomia, arrasa nos pratos que prepara e é chatíssimo ) aprovou, varias amigas também, então, considero importante repassar a receita porque nunca se sabe quando aquela visita vai aparecer. Ou quando bate uma fome e não se tem nada em casa, fica a dica :

  • Uma lata de creme de leite
  • Um copo (medida de requeijão tá) de polvilho, sendo metade dele polvilho doce e metade polvilho azedo.
  • Um prato cheio de queijo curado ralado (não economize, é pão de queijo, precisa ter gosto de queijo).

Se o queijo for aquele de supermercado, e não o queijo “da roça”, comprado de produtores rurais, ele talvez esteja se sal, daí você acrmassa de pão de queijoescenta uma pitada de sal.

Misture tudo e amasse com as mãos. É pão, precisa amassar.
Depois, unte as mãos com óleo e enrole as bolinhas, coloque-as numa forma e leve ao forno pre aquecido a 200 graus.
Demora em média 20 minutos pra assar e fica maravilhoso.SSC_0299

Na foto, aparece uns pontinhos verdes, pois acrescentei cebolinha picada bem fininha à massa, e fica bem gostoso. Como a receita é simples, você também pode acrescentar outros temperos se quiser e fazer uma quitanda com o seu toque.

Aproveite, você não precisa ser master chef se quiser experimentar a cozinha e agradar a você mesma e a quem te ama! Se eu consegui, você consegue amiga – porque eu sou uma negação culinária! Testa e depois comenta aqui o resultado.

E você, é cozinheira de mão cheia ou , como eu, não tem esse talento mas guarda uma receitinha fácil de fazer ? Compartilha com a gente !

12 comentários sobre “Pão de queijo mineiro…

    1. Oi Jo,
      amiga que alegria saber que você gostou de nossa iniciativa, lembra que comentei contigo a uns meses atrás? Pense em como estou feliz que conseguimos colocar no ar, graças a Deus o retorno tem sido muito positivo!
      Sobre a fidedignidade dos fatos , uai, claro que eu só sei fazer essa receita né, você me conhece bem, não conseguiria ir muito além disso.
      Espero que você compartilhe com a gente suas histórias também ein! Mas você é tão engraçada, gente, um stand up comedy ambulante que mereceria fazer um vídeo! Se ficar acanhada, conta por e-mail sobre o sonho do Barretão ( aquela excursão merece um livro, talvez), as ladeiras do carna de Ouro Preto, e claro, sua vida de pregadora – já pensou quantas meninas tem na cabeça aquela ideia de que para servir a Deus tem que se trancar em casa e cortar a vida social? Seu testemunho pode ajudar muita gente amiga! Se anima e escreve para contato@muitasmarias.com

      Curtir

  1. Parabéns pelo Blog!!! Amei!!! Cozinheiras de “mãos quase vazias” kkkk, como me identifiquei!!! Cozinho por necessidade, não é terapia nem de longe,affff!!!! Não gosto e não quero aprender também kkkkk As coisas mudam quando chegam os filhos, continuo sem saber grandes receitas, mas para eles sou a melhor cozinheira do mundo!! Esse pão-de-queijo eu vou fazer 😉 Sucessoooo!!

    Curtir

    1. Oi Renata,
      várias meninas me disseram que quando os filhos chegarem tudo vai mudar, mas eu fico com o pé atrás, porque como meu marido cozinha muito, com os filhos ele vai cozinhar bastante, e quando estiver viajando podemos fazer o “dia da pizza” delivery em casa. rs
      Fez a receita? Conta pra mim se ficou bom!
      Um abraço e obrigada pelo carinho

      Curtir

    1. Oi Jussara querida,
      ta boa?
      Que bom que gostou da nossa iniciativa, que tal escrever pra nós sobre o Vivendo e Experiências, capitaneado por você e Flávia, duas mulheres com histórias de vida tão bacanas?
      Te convido à leitura dos demais posts do nosso projeto Muitas Marias, e sinta-se à vontade para enviar o seu relato e seus pontos de vista sobre ser mulher para contato@muitasmarias.com .
      Cada mulher é única e com certeza tem uma vida repleta de histórias que merecem ser compartilhadas, para ajudar outras mulheres .
      Um abraço e paz

      Curtir

  2. Mari , querida!
    Se precisar as amigas que cozinham ainda oferecem almoço, não mais no alojamento velho , mas na casa . saudades.apareça em Viçosa e dá um Pulinho no Texas para um gostoso almoço , lanche , jantar , o que vc preferir. Adorei o Projeto Muitas Marias e me identifico muito com seus textos por leio imaginando a Mariela com seu jeitinho expansivo e ao mesmo tempo meigo falando cada palavra, consigo ouvir sua voz a cada palavra é muito legal. Te amo Amiga! Dorinha

    Curtir

    1. Olá Dorinha,
      que bom que gostou de nosso projeto!
      Ele foi concebido a quatro mãos, com outras amigas que também acreditam que é preciso valorizar as virtudes femininas, passando longe das ideias estereotipadas sobre a mulher. E, agora, para o mundo, nossa proposta é expandi-lo com a contribuição de mulheres de todas as idades, profissões e estilos. Vem participar conosco, enviando seus artigos e opiniões sobre o cotidiano feminino!
      E sim, quando estiver por Viçosa quer já experimentar sua culinária! Até lá, que tal enviar uma receitinha gostosa pra nós?
      Abraço e paz

      Curtir

    1. Oi Tarcia,
      tudo bem?
      que bom que gostou da receita, quando preparar ai na sua casa, manda pra gente!
      Ah, antes que eu esqueça, você poderia nos enviar artigos com dicas de viagem ein?
      E também sobre outros assuntos que sejam do seu interesse!
      Abraço e obrigada pelo apoio ao nosso Muitas Marias. Sinta-se parte dele!
      Paz

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s