O que o espelho me diz

Irresistíveis são os espelhos. Não há quem passe por um sem dar uma pequena olhada, fazer um retoque no cabelo, ajustar a roupa e, não tem como discutir, estou como aquele espelho mostra. Os espelhos são assim. Não dá para negociar com eles. Dependendo do espelho pode me deixar levemente mais gordo ou mais magro, um ângulo mostra uma dimensão melhor e outro não. Mas todo espelho tem uma missão: refletir a realidade.

Deus, perfeito em toda sua criação, deixou para cada um de nós um espelho para a alma. Os casados entenderão bem isso, mas também os solteiros e, de forma bem especial, as mães. Cada pessoa de nosso convívio mais íntimo é um espelho do nosso ser. Observe como nossas atitudes transformam a nossa casa  e revelam o odor de nossa alma. Quem tem a alma alegre transforma o ambiente onde está, o sorriso sincero transforma lágrimas em conforto. As pessoas ao meu redor, minha família e meus amigos são o  espelho de minhas atitudes.

Quem nunca teve um dia mal, que acordou mais azedo que limão pare a leitura por aqui! Quando acordamos mal, tristes, dificilmente aceitamos que outros estejam felizes. É uma dinâmica interessante: sou ao mesmo tempo reflexo e espelho. Se por um lado emito toda minha tristeza posso, ao mesmo tempo, refletir a alegria do meu próximo. É um exercício de maturidade! Reconhecer-se espelho do ambiente é ao mesmo tempo abraçar a missão de ser refletido no outro.

Que mãe nunca viu no filho um pedacinho de si ou do pai? Que casal que nunca viu suas crises refletidas no convívio familiar? Negar o espelho é negar a realidade! Muitas vezes o que consideramos como duras críticas a nós mesmos não são nada além de nossa imagem refletida no espelho da alma que é nosso próximo. Furtar-se ao dever de acolher a correção do cônjuge é  um suicídio conjugal. Claro que existem espelhos que parecem ‘defeituosos’, rústicos demais, insensíveis demais, mas ainda assim são espelhos. Na vida matrimonial,  nosso maior espelho é o cônjuge. Se nossa imagem refletida no espelho de quem está ao nosso lado não  está agradável é hora de refletir: o que esse espelho me diz?

Paulo

Paulo Franco Machado

Filho de Deus, 29 anos, casado há quatro anos com Christiane Vilarinho. Catequista na Paróquia Nossa Senhora das Graças em Rialma – Goiás. Membro da PASCOM da Diocese de Uruaçu. Analista de Sistemas. Gerente de T.I. na Comunidade Coração Fiel.

2 comentários sobre “O que o espelho me diz

  1. Feliz por conhecer tão bela significativa e valiosa iniciativa.
    Deus. Bondoso e misericordioso cuida e protege com amor essa joia
    💋🎁💐

    Curtir

  2. Ótima reflexão. Ás vezes algumas de nossas relações começam a ir mal e logo culpamos a outra pessoa, sem pararmos para pensar que o problema pode estar na gente. Por isso, vemos tanta gente fazendo cobranças, exigências e não mudando seu modo de ser. Obrigada por fazer esse texto e deixá-lo livre para que possamos ler e refletir sempre. Fique com Deus.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s