Jovens, não se casem!

É isso mesmo que você leu no título. Se você está com essa idéia maluca na cabeça, por favor, pare esse casamento! Às vezes, é exatamente isso que eu tenho vontade de fazer. Entrar correndo na igreja e gritar: “Parem esse casamento, por favor!”

Casamento dá tanto trabalho, né gente? Marcar data, ver local, ver vestido. É convite, é comida e é bebida. É lembrança, decoração e música. É tão caro e cansativo! Ah… e tem ainda a igreja, o padre, e toda aquela cerimônia demorada. Pra que isso? Parem esse casamento agora!

Casar virou algo da moda e por isso muita gente está entrando nesse navio. Mas como eu sou sua amiga, vou dizer novamente a dica valiosa: não se case!

Não case se você não sabe o verdadeiro significado de um casamento! E claro, é do casamento na Igreja a que eu me refiro e não ao casamento do cartório em que você assina um papel e sai de lá com um sobrenome a mais. O que eu quero escrever aqui é sobre o verdadeiro sentido do matrimônio, aquele do “até que a morte os separe”, que nem chega perto do “que seja infinito enquanto dure” que se prega por aí.

Dias desses numa cerimônia de casamento, ouvia atentamente o momento do consentimento, aquele em que os noivos dizem o tão esperado SIM e prometem ser fiéis na alegria e na tristeza. Fiquei ouvindo o padre repetir as palavras e imaginei quantos casais falam isso sem se dar conta da pedreira que estão assumindo. Antes disso, ainda tem aquelas três perguntinhas: é de livre vontade que querem fazer isso? Prometem amor e fidelidade? Aceitam os filhos que Deus mandar? Pois então! Você já viu alguém dizer não? Eu ainda nunca. Mas talvez se soubessem o segredinho que vou contar a seguir, pensassem um pouco mais antes de pronunciar o sonoro Sim.

E aqui está o segredo: O casamento é um sacramento da Igreja que é celebrado unicamente pelos noivos e Deus. Pode não ter padre, nem parentes, nem ninguém por perto. Se os noivos, de livre e espontânea vontade proclamarem o rito e assumirem esses compromissos, estarão casados perante Deus. A Igreja oficializa o rito. O padre apenas dá assistência no casamento que é celebrado pelo casal predisposto a cumprir com todas aquelas promessas.

E é por isso que é tão sério! Uma vez feito é indissolúvel perante Deus. Nunca mais casará com outra pessoa porque não foi o padre quem te casou, mas o casal que, no exercício do livre arbítrio, assumiu o matrimônio. E isso é eterno! E é por isso que existe o namoro e o noivado como momento de preparação para que o Sim seja consciente e fidedigno ao seu propósito.

Então, se você não tem certeza de todo esse processo, não se case. Se você não está seguro em manter sua fidelidade, sua paciência, sua dedicação e seu amor pelo seu cônjuge até o fim, dê uma pausa agora mesmo!

Mas se você quer casar e eu te deixei num dilema, segue mais um conselho de amiga: pesquise sobre o rito do matrimônio, dedique-se a aprender sobre isso muito mais do que sobre decoração ou como os convidados devem sentar na festa. Procure o padre de sua paróquia e aconselhe-se! Reze, e ouça o que Deus quer lhe dizer.

Casar é maravilhoso! Estar casado é uma graça imensurável! Mas isso só será percebido se você tiver consciência de todo o significado do SIM. E tendo consciência disso viverás os melhores dias de sua vida.

ana_werka.jpg

Ana Paula Werka Rossa.

Casada, socióloga apaixonada por comunicação e educação. É católica, acredita que o que fazemos “é uma gota no oceano, mas sem ela, o oceano seria menor” (Madre Teresa de Calcutá).

16 comentários sobre “Jovens, não se casem!

  1. Eu já acho o contrário!

    Casem-se todos os dias. Por amor. Por humor. Por amizade. Por cumplicidade! Não casem-se (na igreja ou no civil) antes de se casarem na vida real (morar junto). Ninguém compra um carro sem fazer um test drive. Ninguém compra um imóvel apenas pelo jornal. Nem roupa pelo correio. Ninguém estuda no dia da prova (ou não deveria!)

    Então… casem-se na vida real. Dividam tarefas. Dividam alegrias. Problemas. Contas. Cama. Tudo. Aí então, já maduros para o casamento. Que não será novidade… apenas a celebração da vida a dois que o casal já leva e gosta. 🙂 ❤

    Curtir

    1. Casamento é algo sério. Casamento é algo puro e Santo diante de Deus. Não é assim eu quero ficar com uma pessoa, fico (sexo) , moro com ela, mas aí se depois de um tempo dá tudo errado e abandono o relacionamento e vou atrás de uma nova pessoa, perde totalmente o sentido do casamento. Deus tem alguém para cada pessoa, e não nos convém ficar escolhendo, ter vários relacionamentos e quando chegar o momento turbulento tudo acabar, se for assim, vc nunca deveria casar, porque a base do casamento não é amor, a base do casamento é a aliança que fazemos com Deus, então, possa vir o que vier é preciso suportar, porque matrimônio é pra ser eterno. E para Deus a questão da prática sexual faz muita diferença. Leia Genesis 2:24. Ah, e mais, sexo fora do casamento é prostituição, e essa de morar junto mas não casar, é fornicaçao. Vigie.

      Curtir

      1. É verdade, concordo, sexo antes do casamento é pecado, pode pareçer cafona, antigo mas pra Deus não, ele sabe que é melhor esperar, pois assim o casamento será mais significativo 😉

        Curtir

    2. Fico pensando neste teste drive…..
      se isso funcionasse não teríamos divórcio!
      Acredito que hoje estamos vivendo o momento do descartável!
      Se a gente não der certo separa!
      Quem disse que viver em um casamento é só amor!
      Acredito que o amor ajuda a superar as diferenças, a TPM, os desacordos… e tantas outras situações que passamos. Mas se um fosse igual ao outro ambos seriam desnecessário na relação. É nas diferenças que amadurecemos em um relacionamento.
      Qdo casamos com ideia medíocre que se não der vamos separar… esse casamento já está no abismo. .. na primeira situação difícil a casa cai e a fala não te amo mais aparece.
      Somos descartáveis! É assim que a sociedade tem se comportado!
      E o casamento acabou absorvendo esse conceito.

      Curtir

  2. Concordo em número, gênero e grau. Casei aos 21 anos e sou muito feliz, obrigada. Mas esse é um compromisso que se assume. Não é uma roupa que você compra e quando já não serve doa ou joga fora. Casar e ser feliz é decisão. Depende de um esforço para ser melhor a cada dia. Não tem forma melhor de exercitar o amor ao próximo do qual Jesus falou. Mas esse esforço não deve gerar sofrimento e sim alegria em ser capaz de ser melhor. Tipo ser promovido. Um abraço.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Gostei muito do artigo e agradeço a gentileza de te-lo escrito para nós!
    A repercussão impressionante em pouco mais de um dia de publicação nos mostra que as pessoas estão cansadas do mesmo discurso padronizado e formatado sobre casamento. Seu texto, Ana, provoca afetos em quem lê, e concordo com seu argumento. Casar não é brincar de casinha, se for pra zoar, não casem!
    Um abraço queridona, bem vinda (de volta) ao time!

    Curtir

  4. Achei óteeemo! Que essa reflexão seja proporcionada entre os jovens, adolescentes, adultos e a quem mais tocar saber isso!

    Parabéns Ana 😀

    Curtir

  5. O ideal seria uma sodomia comportamental? Francamente é melhor se casar do que ser folha ao vento. Juntos o casal pode prosperar, se tiverem foco, determinação, amor e fé em Deus!
    Não deixe suas frustrações intervir na vida de outros!

    Curtir

  6. Casamento e coisa seria compromisso em aguentar o outro 24 horas na horas ruins de humor imperfeições filhos que não te obedecem fácil ter muita paciência para ensinar pois eles não tem noção disso por isso que eu prefiro viver a vida sozinho sempre estive um outra pessoa para partilhar problemas cobranças estou fora dessa vida de aguentar alguém sozinho e celibatário e a melhor coisa que existe na vida Sem preocupações para nada e nem padrinhos deve aceitar eu aceitei por insistência de família e hoje me arrependo E ruim as pessoas fazendo pressão social!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s