Não precisa ser igual a ninguém

Às vezes, você descobre que precisa se voltar pra você.Se dar uma segunda ou terceira  chance e  voltar, dar uma olhada naquele quarto fechado, soprar a poeira, meditar um pouco o porquê do descaso com aquele lugar, que outrora era tão importante.

E, devagar, começar a ajeitar as coisas, abrir a janela e respirar fundo…tirar a cortina que escurece a visão, começar a jogar coisas fora, coisas que agora já são desnecessárias, pois tem coisas novas que precisam e merecem seu lugar lá. Mas confesso: isso gera um cansaço!

Toda vez que você precisa se voltar pra você,  o exercício é duplamente mais árduo que ir até o

outro, porque no outro, você opina, e não assume as consequências, mas com você é diferente: cada ato tem início, meio e fim.

Sem tempo de ensaio. Opiniões são muitas…e olhe que tentei até seguir algumas delas, mas tem coisas que não tem como mudar,  e se não dá pra ser igual ao que todo mundo diz que tem que ser, que seja diferente.

Ainda bem que eu sei que existe lugares a serem descobertos! Tem gente que nunca vai ter coragem de descobrir,pois  foi fechando portas e mais portas, e hoje vive com extremo aperto num pequeno espaço, porque todos os fantasmas moram nos outros cômodos  ( e que burra eu fui,  por um certo período,ao achar que isso facilitaria as coisas, e fui fazendo o mesmo) .

Eu também tinha os meus fantasmas,mas comecei a tratá-los mal, afinal, tem vida precisando ocupar estes espaços!

Eu não pude mudar algumas coisas, alguns amigos não vão concordar em como quero levar as coisas, mas esta sou eu, assim mesmo ‘complicadinha’, cheia dos sentidos subjetivos, cheia de conceitos que eu elaborei ao longo de um bom tempo…enfim! Deus me fez assim e quando me desenhou, tinha uma dose de bom humor, seriedade, e porções de sonhos e muita determinação! Pra equilibrar,  tinha doses de nostalgia,excesso de cuidado e preocupação, uma certa irritabilidade e impaciência.

Preciso ir, tenho coisas a jogar fora, coisas pra arrumar, tirar o pó, olhe só…tem uma mesinha no cantinho…vou colocar um vaso bem bonito, com uma flor bem delicada, olhar pra ela, singular ali, e ficar em paz, sabendo que não preciso ser igual a ninguém, e vou me perdoar por tentar ter sido e ter me frustrado tanto… a receita de um, de fato, não serve pro outro. Cada um tem a sua, e a minha é esta mistura louca, insana e calma, e estranha, apaixonada…

Quanta coisa a ser feita, preciso começar… e você?

img_0278Cristiana Coutinho

Paranaense, formada em Administração e graduanda em Psicologia, na ciência encontra a essência e reconhece que, quanto mais aceita quem é, avança. Ama música, poesia e saudade; todas a levam em direção ao céu. Acredita no poder da palavra escrita e da linguagem verbal, ou não. Entende que a vida flui de dentro pra fora e, por isso, o amor deve ser sua maior necessidade diária.

 

Muitas Marias apresenta artigos originais sobre o cotidiano feminino. Saiba como enviar seu texto clicando aqui ou escreva para  contato@muitasmarias.com . 

3 comentários sobre “Não precisa ser igual a ninguém

  1. Gostei muito desse texto, traz muito do que tenho vivido no momento de organizar os espaços interiores e jogar fora, mandar embora o desnecessário e como é dificil desapegar dessas coisas que ja não tem mais uso, e como é difícil pensar em si mesmo e se aceitar e ser diferente dos outros, mas que se faz necessário pra ser feliz!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s