Grécia: muito mais que história e museus

Quem aí gosta de viajar levanta a mão? Se for para um destino de cair o queixo, melhor ainda, certo? Escolhi falar sobre a Grécia porque ela é absolutamente democrática! É possível encontrar muita História em Atenas, vida noturna agitada em Mykonos e Creta, praias cristalinas em Corfu, romance em Santorini! E isso é só o começo! Seja qual for o seu perfil, prepare-se para desfrutar de ótimas férias, e com um ótimo custo-benefício já que a Grécia ainda é um dos países mais baratos da Europa! Como visitar tudo de uma só vez seria cansativo, priorize um único grupo de ilhas e volte outras vezes (ah sacrifício…) para conhecer novas regiões.

A capital Atenas é o ponto de partida para se visitar a Grécia. Ao contrário do que se pensa, duas ou três noites nessa cidade são suficientes. Minha dica é começar pela Acrópole, de preferência pela manhã, porque vai estar mais vazio e fresco. A Acrópole é imponente (tem quase cem metros de altura) e pode ser vista por todos os cantos da cidade. Que viagem à capital estaria completa sem conhecer de perto sua arquitetura majestosa? Símbolo eterno da identidade grega, a Acrópole abriga o famoso Parthenon (dedicado à deusa Athena), e o mercado da Ágora, que no passado, atraía mercadores vindos de todo o mundo antigo.

Não muito distantes estão alguns dos vários monumentos gregos: o Arco de Adriano, o Templo de Zeus, o Jardim Zappeion, e até mesmo o Panathenaic – Estádio onde os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna foram celebrados em 1896. Para conferir obras originais da arte grega, a indicação é a Galeria Nacional de Arte, contendo obras de Cézanne, Van Dyck, Rembrandt, Picasso e Caravaggio. Quanto aos museus, vale destacar o Arqueológico Nacional e seu valioso acervo (as estátuas “Jóquei Menino”e “Poseidon” são destaques da visita).

A história da cidade se confunde com a própria história da cultura. Berço da civilização democrática, abrigou alguns dos mais influentes políticos, arquitetos e filósofos (por exemplo Sócrates, Platão e Aristóteles), cujas idéias moldaram o mundo como nós o conhecemos hoje. Gosta de um “papo cabeça”? Não conheço lugar mais inspirador…

Ir às compras em Atenas é divertido. Os vendedores anunciam seus produtos aos gritos em frente às lojas. Difícil é entender o que se diz nas placas (parece até que estão falando grego).

Praia Super Paradise.jpgUm belo programa para o fim de tarde é passear no bairro mais festeiro da cidade, Plaka. As ruas estreitas são cheias de surpresas, que vão desde alegres tocadores de realejo até coloridas lojinhas de antiguidade. Outro famoso ponto de encontro é o bairro de Gazi, local certo para os boêmios de plantão. Passeie pela rua mais bela de Atenas, a Dionysiou Areopagitou, com seus mercados e restaurantes típicos.

Nem só de história e museus vive Atenas. Então que tal mergulhar em suas delícias gastronômicas? A aromática cozinha grega tem quatro segredos: a simplicidade, os ingredientes frescos, o famoso azeite de oliva e o uso acertado de ervas e especiarias. É recheada de grãos, legumes, vegetais e iogurtes. Entre os pratos clássicos, se destacam oscharutos de folhas de uva e a clássica moussaká, lasanha feita de berinjelas e carne de carneiro moída. De sobremesa, nota dez para os folhados baklavá, docinhos de nozes regados com mel.  Eu que adoro uma gordice nunca achei que fosse recomendar salada para ninguém! Mas a refrescante salada grega, preparada com pepinos, tomate, cebola, azeitona preta e queijo feta (feito de leite de cabra e ovelha), é deliciosa! E para acompanhar, vá de Mythos, a cerveja local!

Em busca de uma autêntica noite grega? Procure então as Buzukias, casas de espetáculo onde se toca o Buzuki, instrumento musical típico, e se dança a Zebékiko, cujos passos são ditados pela alma e coração do dançarino. Uma boa pedida é tomar um gole de ouzo (pronuncia- se “uso”), destilado de cascas de uva aromatizado com aniz ou erva-doce. Mas vá devagar, hein? O teor alcóolico do ouzo varia de 38% a 48%. Preciso confessar que procurei pelo tradicional quebra-quebra dos pratos que tanto assisti nos filmes. Mas hoje a prática é proibida e foi substituída pela guerra de flores (pessoas jogando pétalas umas nas outras).

Preparado para perder o fôlego? Hora de conhecer as belas ilhas de Mykonos e Santorini!  Mykonos é destino certo do jet set europeu. Cosmopolita, se distingue por seus Lambreta.jpgfotogênicos moinhos de vento e vida noturna. Um jeito fácil e divertido de se deslocar por Mykonos é alugando quadriciclos ou lambretas. Aluguei a minha e fui conhecer duas das praias mais famosas Paradise e Super Paradise. Lá as festas rolam soltas ao som de dance music e “power drinques” a qualquer hora do dia. É o espaço da “diversidade” já que convivem no mesmo lugar baladeiros, famílias, naturistas…

Já Santorini, pausa para nostalgia e suspiros, até pouco tempo atrás podia ser considerada “a cereja do bolo” em uma viagem à Grécia (a ilha de Zaquintos vem ganhando fama graças à bela praia de Navagio). É em Santorini que encontramos as tão famosas casinhas brancas contrastando com as águas profundamente azuis do Mar Egeu (cores da bandeira grega), imortalizadas em tantos cartões postais. E se isso não bastasse, o por do sol, surgindo detrás dos penhascos é considerado um dos mais bonitos do mundo! Santorini divide-se em Oia e Fira. Há um passeio de teleférico, que apesar das longas filas, brinda o viajante com uma vista espetacular. Não dá para perder…

Santorini se estende em torno de uma enorme caldeira, que se formou há milhares de anos, devido à uma erupção vulcânica. Fiz um passeio para ver o vulcão ativo e achei meio furada.

Parasailing.jpgAcabei visitando também a ilha de Corfu (onde me aventurei no parasailing, vejam na foto ao lado), a mitológica Creta (famosa pela lenda do Minotauro), Patmos (onde o apóstolo São João escreveu o livro do Apocalipse dentro de uma caverna), Rodes (onde visitei um bairro medieval) e Meteora, com seus sublimes monastérios. Aqui vale um parêntese! Os mosteiros foram construídos em condições impossíveis no topo de impressionantes formações rochosas, e estão cheios de tesouros bizantinos inestimáveis. É de chorar de tão lindo…

Cada ilha grega tem sua peculiaridade e identidade própria, o que as torna incomparáveis entre si. Faz parte da cultura do povo grego a paixão pela música, dança e diversão.  Por isso, em sua viagem para a Grécia não tem desculpas para não aproveitar! Escolha uma ilha e dê férias para os seus pés! Banqueteie como Zeus, apaixone-se como Afrodite e dance como senão houvesse amanhã, nesse país que é pura alegria!

Entra na disputa pela letra H, Huatulco no México e Honduras, na América Central.

Tassi BiografiaTassiana Rossignoli
Mineira, casada, jornalista. Apaixonada pela família, pelos amigos, por viagens, livros, fotografia, músicas, filmes e pipoca. Adoraria fazer um curso de gastronomia. Sonha em ser mãe e ter uma casa na praia. Frase favorita: “Muitos pensam que sou rico. Outros pensam o contrário. O que ninguém sabe é que minha riqueza é medida em histórias, em experiências e pessoas. Sim, Então sou rico.”- Fergal

Muitas Marias apresenta artigos originais sobre o cotidiano feminino. Saiba como enviar seu texto clicando aqui ou escreva para  contato@muitasmarias.com . 

4 comentários sobre “Grécia: muito mais que história e museus

    1. Oi Mari,

      Vou te confessar que dá um friozinho na barriga a hora que começa a subir e não pára mais…kkk…
      Mas a vista lá de cima é tãaaaao linda, que o medo passa na hora 🙂 !!!
      Já vi parasailing em muitos lugares de praia por aí afora, mas na Grécia só vi nas praias de Corfu..
      E é bem voltado para os turistas! Agora você me pegou, não sei qual o esporte típico dos gregos atualmente..
      Vou pesquisar e volto aqui.,
      Alguém aí sabe?!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s