Descobrindo a maternidade

Há cinco meses vi minha vida mudar. A dieta de 1.200 calorias teve que ser revista. O treino pesado na academia teve que ser alterado. A cintura fininha que eu tinha tanto orgulho de ter conquistado foi se tornando mais larga e a calça tamanho 36 já não cabia mais. Quanta mudança física.

Yasmin (descobri há pouco que espero por uma menina) foi planejada. Quando nos casamos eu e meu marido definimos que, se assim Deus nos permitisse, quando completássemos cinco anos de casados nós engravidaríamos. No dia 16 de julho deste ano comemoramos esta data, meia década de muito amor, aprendizado e companheirismo.

Desde o ano passado já estávamos nos preparando para a chegada da meta que havíamos estipulado. Mas, o nosso sonho esbarrou em um surto de casos de microcefalia vivido em nosso país. E agora? A indicação dos médicos é que as mulheres adiassem a gravidez. Isso mexeu muito comigo. Já havia preparado a minha mente para me tornar mãe.

Como trabalho na Secretaria de Saúde, comecei a acompanhar de perto todos os novos dados e informações sobre este surto. Estava com esperança de que a situação fosse melhorar. E assim aconteceu. Os bebês de mães que tiveram Zika durante a gestação aqui no DF começaram a nascer e, graças a Deus, nenhum teve a má-formação.

Com isso, decidi ter uma conversa com meu marido e optamos em seguir os nossos planos e ter o nosso bebê. Tomamos a decisão em uma semana e na outra já partimos para a tentativa. Como tínhamos uma viagem para o exterior marcada, decidimos não ficar “encanados”, curtir bastante a viagem e na volta tentaríamos novamente.

No retorno da viagem eu percebi que tinha algo diferente comigo. Depois de alguns dias resolvi fazer o teste de gravidez de farmácia. Ele pedia para esperar alguns minutos pelo resultado, mas, em poucos segundos eu vi aquelas duas linhas ficarem vermelhas. Acordei o meu marido e lhe disse: “Amor, eu não estou grávida. Eu estou é muito grávida”. A alegria transbordava em nosso lar, mas sabíamos que testes de farmácia não são 100% seguros. Parti para o laboratório mais próximo da minha residência. Quando recebi o resultado, à tarde, meu coração disparou e senti um imenso frio na barriga.

Confesso que demorou alguns dias para a ficha cair. Eu ficava pensando: “Como pode Deus ser tão bom comigo? Tantas mulheres passam meses e anos tentando até conseguir engravidar e comigo foi logo de primeira?”. Com a notícia da gravidez eu senti que minha fé aumentou mais ainda. Planejamos com amor como seria a chegada do nosso primeiro filho e Deus foi lá e nos agraciou.

Enjoos? Senti pouco. Fome? No início era enorme. Sono e cansaço? Nem me fale, nos primeiros meses parecia que um caminhão havia passado por cima de mim. Mas tudo isso era mínimo diante de toda a alegria e o amor que eu estava sentindo. Eu me senti muito abençoada. Deus me deu o dom da maternidade.

Há poucos dias descobri que espero por uma menina. Desde que nos casamos sonhávamos que nosso primeiro filho seria menina. Mas quando descobri a gravidez, esqueci isso e só pedia saúde para o meu bebê. Agora que sei que carrego comigo a minha Yasmin, me sinto mais abençoada ainda. É um amor inexplicável.

Mesmo antes de nascer ela já está me transformando. Sinto que a vida ficou mais leve, coisas pequenas não me preocupam mais. Tudo o que penso, faço ou planejo é pensando no melhor pra ela. A vida realmente passou a ter um novo sentido. É muito complicado expressar em palavras o que eu tenho vivido. O que tenho feito ultimamente é sempre repetir a mesma frase: “Obrigada, Senhor”.

IMG_20150513_192128.jpg

Cristina Soares Campelo

Casada, jornalista, católica, catequista que ama a sua missão de evangelizar e agora mãe da Yasmin.

Muitas Marias apresenta artigos originais sobre o cotidiano feminino. Saiba como enviar seu texto clicando aqui ou escreva para  contato@muitasmarias.com . 

 

3 comentários sobre “Descobrindo a maternidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s