Uma inspiração na mulher do século XIX

“(…) Tudo começou tão ontem que de fato ainda está começando”. Para mim, essa frase de Marina Colasanti descreve com clareza a questão da mulher, sua participação na sociedade, suas lutas e conquistas. Sim, começamos a lutar tardiamente, mas ações individuais de mulheres em busca de libertação são antigas e se manifestam desde o século XVII.

O envolvimento com a realidade feminina sempre me inquietou. E encontrar no século XIX uma proposta libertária, através da iniciativa de uma mulher empreendedora e dedicada aos interesses da mulher foi instigante. Senhorinha Diniz, jornalista criadora do jornal O Sexo Feminino, publicado na cidade de Campanha, sul de Minas Gerais encanta com sua sabedoria em cada palavra escrita.

A proposta de luta a favor da emancipação da mulher, por meio da “instrução, educação e ilustração da mulher, e tudo mais que importe defesa de seus direitos” foi o ponto alto do periódico publicado no século XIX.

Dona de um raciocínio extremamente argumentativo e inteligente, Senhorinha Diniz buscou agregar as mulheres em sua proposta emancipatória através da educação. Compartilho com vocês a riqueza do pensamento desta mulher oitocentista (com a grafia original): “Christo, que foi o principio Divino – humanidade da eterna justiça, e o mestre da mais sublime philosophia, não se esqueceu de tomar a mulher, não só por sua mãi, sinão para como que auxilial-o em sua santa missão. A falta de instrucção da mãi de familia é o primeiro obstáculo que se oppõe á desejada regeneração dos costumes, da sociedade e do seu progresso, de qualquer dos modos por que se encarem as condições de perfectibilidade humana”.

A leitura dos jornais sempre me motivou a pensar ainda mais sobre a mulher, seu papel social, sua valorização e, particularmente, sobre a minha missão neste mundo enquanto mulher. Reconhecer-me como filha de Deus, capaz de contribuir para a formação do outro foi o primeiro passo dessa autodescoberta. Em minhas leituras para a pesquisa, vez ou outra deparei-me com os questionamentos de Senhorinha Diniz que muito se assemelham aos contemporâneos, sobre as diferenças de gêneros, a formação da humanidade, nossos valores e a missão de cada um nesta Terra. Meu olhar foi apurado a partir das lentes de Senhorinha Diniz, uma mulher que no silêncio das páginas de O Sexo Feminino conseguiu fazer-se presente, motivar as mudanças e propor a tão sonhada racional emancipação feminina. Estimo que nós, mulheres, possamos nos inspirar nas palavras de Senhorinha e caminhar para a nossa emancipação efetiva, como mulheres segundo o coração de Deus!

“Vejamos, pois, boas mãis, o terreno é nosso, não o deixemos sem cultura, e nossa colheita será na proporção do que semeiarmos; a principal idéa de abrir todas as carreiras ao nosso deprimido sexo por meio da instrução ministrada pela mãi de família”. (Senhorinha Diniz,1873).

gerlice-2016Gerlice Rosa 

Jornalista, professora, doutora em Estudos Linguísticos. Amante das palavras e da vida, sonhadora, eterna aprendiz. Traz consigo um sonho de amor para o mundo, fruto de sua experiência no Ministério Universidades Renovadas.  

Muitas Marias apresenta artigos originais sobre o cotidiano feminino. Saiba como enviar seu texto clicando aqui ou escreva para  contato@muitasmarias.com . 

Um comentário sobre “Uma inspiração na mulher do século XIX

  1. Que delícia você por aqui Gerlice! Obrigada por seu texto tão impactante… Sigamos, mulheres novas, segundo o coração de Deus, sem os “ismos” da moda, mas com a convicção de que a liberdade, a escolha e o mundo nos pertence na medida que o desejarmos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s