Um ano novo para uma pessoa nova

Devagarinho o tempo vai passando e com a grande rapidez que nos leva, você está comemorando mais um período. Nesse curto espaço de tempo, doze meses se foram. No calendário sobram expectativas e inquietudes que só o novo momento poderão trazer. A vida não se esgota em dias, mas é neles que temos a possibilidade em nos perpetuar.

Há um verso em cada coisa, há uma poesia em cada encontro, uma certa forma em se fazer vivo de novo.

O mundo gira e você se descobre olhando de novo no olho de quem se ama.

Há uma vontade de viver e uma imensa certeza de poder largar tudo e ainda sim, ser feliz.

Quando fechamos um ciclo aprendemos que tudo é muito passageiro sem deixar de ser transbordante.

A maturidade nos devolve!

Existem palavras que nunca voltarão. E daí? Talvez, você descubra que quem as ouviu nem merecia mesmo sua atenção.

O silêncio pode curar.

Certezas são plantas ressequidas. Não há o que temer quando nos damos a oportunidade de ser nós mesmos.

E o que falar da menina que hoje te olha diferente? Ou do rapaz que sempre senta ao seu lado no ônibus?

Viver nos torna prontos. Vá adiante!

Um dia num domingo à tarde lavando louças descobrimos que malas são descartáveis, mas bagagem a gente leva na pele e no coração.

Em 2017, vai lá e se reinventa, vive com pouco! Então, talvez a gente se dissipe numa batida de carro às 14 horas da tarde de uma terça-feira. Naquele dia seu e-mail estava cheio e não deu tempo de lavar a área do cachorro.

Durante o novo ano desperdice alguns “bom dia” não correspondidos por gente que acorda de mau humor. Não há problema nisso.  Por vezes alguém vai buzinar no sinal fechado. Você já xingou assim? Inútil, mas na hora pareceu aliviar.

Então, aprenda abrir uma garrafa de vinho. Saiba andar por aí sozinho. Mude de planos.

Envolva mais  gente em sua rotina. Chegue em casa mais tarde. Sofra um dia de ressaca, tome sol.

Encontre seu equilíbrio em sua fé ou sei lá como chama isso.

Deixe o celular por cinco minutos, daqui a pouco serão quarenta minutos vividos com plenitude.

Sorria. Abrace o porteiro quando receber uma ligação vibrante pela manhã.

Cante no carro e no chuveiro.

Se despeça com o olhar. Abrace as pessoas que ama demoradamente.

Escreva recados.

Dance.

Nessas outras 365 oportunidades, faça uma viagem, visite um novo livro, recorde fotos antigas, faça um novo curso, brinde com champanhe! Aprenda que Hobbies podem ser baratos e únicos. Redecore a casa. Compre flores.

Faça o que  quiser e não se esqueça de ser inteiro.

Alegre-se. É nova chance!

unnamed

Sheila Souza
Jornalista brasiliense, mestre em ciências da comunicação. Cristã, solteira, amante de viagens e do desconhecido, ama liberdade e acredita que toda mudança vem para o bem.

Muitas Marias apresenta artigos originais sobre o cotidiano feminino. Saiba como enviar seu texto clicando aqui ou escreva para  contato@muitasmarias.com .

4 comentários sobre “Um ano novo para uma pessoa nova

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s