Mãe sem mimimi

Mãe é melhor do que banho quente no inverno, do que meias quentinhas em pés gelados, do que banho frio no calor escaldante… mãe é aconchego na alma, carinho no espírito, presente delicado esculpido por Deus!

A minha mãe é tudo isso e muito mais! Eu tenho um orgulho danado dela e me sinto agraciada de ter um exemplo tão forte assim. Quando eu não sei como agir, quando as circunstâncias me põem para baixo ou quando eu faço algo de que me orgulho, é nela que eu penso, é nela em quem me inspiro.

Ela nasceu em 1945, no interior do Maranhão, quase caçula de seis irmãos, ficou órfã de pai aos dois anos e teve que ouvir muitas vezes  que  ‘isso você não pode por que não tem pai`. É de partir o coração ouvi-la  contando a falta que esse pai fez em sua vida!

Ela sempre quis estudar e sair do interior, e  para isso, morou de favor na casa dos parentes na capital.  Sofreu humilhações, teve sua honra questionada, trabalhou duro, entrou para a faculdade, casou, engravidou antes do final do curso, mas tocou o barco como era de costume em sua trajetória.

Quando meu irmão mais velho tinha um ano de idade, veio sozinha para Brasília, recomendando-o aos cuidados de nosso pai e de nossa avó materna. O ano era 1974, aqui era tudo terra vermelha, secura e frio. Ela ficou na casa de seu cunhado, irmão de meu pai, batalhou e conseguiu um emprego e uma promessa de emprego para meu pai. Eles vieram  seis meses depois.

A alegria do encontro se transformou em desespero. A longa viagem de ônibus, e a alimentação que o pai deu para o bebê,  tão inadequada, para não ofender sua memória, o deixaram completamente doente. O médico desenganou minha mãe e recomendou que ela se preparasse para enterrar seu filho. 

A culpa bateu forte, mas ela não se deu por vencida, insistiu com o médico, afinal, deveria haver algo que ela pudesse fazer para salvar seu filho! E deu  remédio a cada hora, por muitos dias, sem dormir, sem descansar, apenas empenhada em curar seu pequeno que padecia.

O meu irmão se curou! Mas a rejeitava, afinal, havia estado muito tempo sem sua mamãe. Mais culpa. Ela, novamente, deu seu jeito e reconquistou esse amor, intrínseco nesta relação.

Minha mãe procurou emprego dias inteiros a fio, tendo por alimento apenas um sanduíche de mortadela. Levou seu filho para o trabalho muitas vezes, quando não tinha quem cuidasse dele. Lutou, venceu, conquistou, sem nunca tirar o sorriso do rosto e a fé do coração.

Vieram mais dois filhos e muitas alegrias, tristezas, perdas… papai se foi, e seis anos depois, nosso Carlinhos, meu irmão com apenas 22 anos incompletos, Minha mãe viveu dias de profunda dor, mas eu nunca a vi sem fé e sem a certeza de que tudo passaria. Confiança absoluta em Deus, isso foi o que eu sempre vi!

Ela tem a alegria genuína, aquela que vem de Deus! Ela tem fé, doçura e muito amor! Ama a todos mais que a si. É forte, sem mimimi e daquelas que dá seu jeito, resolve qualquer problema e, quando a solução não está em suas mãos, entrega para o Pai e segue sorrindo.

Ah, mãe, obrigada! Que mais belo exemplo eu desejaria ter? Que mais doce mãe Deus poderia me dar? Saiba, penso na senhora quando fraquejo, penso que quero ser forte como és… penso que quero ser doce, mesmo que a vida me bata forte – e ela bate mesmo! Ao meu lado tenho sempre o seu amor, que ajuda a curar as dores, a fortalecer a vontade e a lutar para ser assim, só um pouquinho, do que és para nós! Te amo muito, muito e para todo o sempre! Maior felicidade é tê-la comigo! Que Deus te proteja, linda mãe! O seu dia é todo dia, mas hoje, eu queria te dizer a satisfação que sinto pelo seu ser!

 

juliana moreiraJuliana Moreira é brasiliense de certidão e coração, casada, mãe de um menino, com formação e atuação profissional em direito, mas amante da literatura. Extrovertida e sorridente. Adora conhecer pessoas, viajar, comer bem e desfrutar a vida na companhia de sua família e de seus amigos. Apaixonada por livros. Tem a escrita como terapeuta preferida. Católica que tenta sempre se aproximar mais de Jesus Cristo e aprender dele o bom caminho. Idealizadora do @eumaeleitora

 

Muitas Marias apresenta artigos originais sobre o cotidiano feminino. Saiba como enviar seu texto clicando aqui ou escreva para muitasmariasblog@gmail.com . 

7 comentários sobre “Mãe sem mimimi

  1. Juliana Oliveira, minha prima, conseguiste descrever a história e o exemplo da Tia Marlene de forma precisa é verdadeira. Ela é uma pessoa muito, muito especial. É uma mãezona de muitos. Nós também a amamos. (Família Reis).

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ela é tudo isso mesmo! É um dos meus seres humanos favoritos no mundo! Sua generosidade é tamanha, que alcançou até a sobrinha aqui, que nem de sangue é! Mãe é cheirinho de colo de Deus! Aproveite muito este colinho! Faz uma falta danada quando elas ficam invisíveis! Continue honrando em vida, amando, respeitando e honrando, como você já faz e com tanto louvor!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Juliana Moreira, a tia Marlene sempre foi e é exemplo de afeto, ternura e generosa pra todos é uma pessoa exemplar e muito prestativa, tenho ela guardada no meu coração como exemplo de uma mulher de fibra e de impulso forte sempre retratarei ela de tudo e acima de tudo uma boa conselheira, ela passa no interior dela Jesus e de certa forma sentimos nela uma luz irradiante

      Curtido por 1 pessoa

  3. Oi prima ! A tia é um exemplo para todos que a conhece e convive! Tem um ❤️ enorme posso até dizer que é altruísta!! E uma pessoa maravilhosa como : mãe, amiga, filha, irmã, avó e tia,! A amo demais! Só tenho agradecer a Deus por ter a colocado em nossas vidas!! Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para camilacgfernandes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s